A ênfase é dada em pesquisa para o desenvolvimento científico e tecnológico visando a otimização de processos que utilizem microrganismos em associações biológicas. As associações biológicas tem sido modelo para a compreensão de fenômenos que envolvam a biologia dos organismos, incluindo-se os estudos da fisiologia, a ocupação e distribuição nos ecossistemas, a regulação da expressão de genes e estudo dos geneticamente modificados. Desenvolvem-se também estudos da biodiversidade, taxonomia e identificação dos microrganismos envolvidos.

Linhas de Pesquisa:

Fixação Biológica do Nitrogênio

Objetivos: Fisiologia, bioquímica, genética e ecologia de rizóbios; Fisiologia da simbiose; Aspectos agronômicos da simbiose em culturas de alfafa, feijão e soja; Microbiologia e tecnologia da produção de inoculantes.

Micorrizas

Objetivos: Biologia, fisiologia, ecologia e genética molecular de fungos ectomicorrízicos e da associação ectomicorrízica, com ênfase em espécies vegetais de Pinus e Eucalyptus; Biologia, fisiologia e ecologia de fungos micorrízicos arbusculares e de sua associação com plantas de interesse agronômico e florestal; Biologia Ecologia e taxonomia dos fungos micorrízicos de orquídeas visando a propagação in vitro; Microbiologia e tecnologia da produção de inoculantes.

Microrganismos Endofíticos

Objetivos: Isolamento de microrganismos endofíticos; Estudo da distribuição nas estruturas internas em estádios de maturação de frutos de café; Estudo dos mecanismos de colonização de bactérias e leveduras endofíticas; Caracterização de pectinases de microrganismos endofíticos e compostos relacionados com a qualidade da bebida do café.