Devido a importância dos organismos vivos, incluindo os microrganismos, na manutenção do balanço ecológico, este grupo almeja a consolidação e competência científica na área do conhecimento da fisiologia, biologia molecular, genética e taxonomia dos microrganismos envolvidos com os processos de biorremediação, produção de biossurfactantes e de recuperação avançada de petróleo. Com a preocupação de impedir a rápida destruição do ambiente como também a rápida destruição dos recursos naturais não-renováveis, isolar e caracterizar os diversos microrganismos envolvidos no processo, assim como compreender a atividade microbiana na natureza, é crucial para o balanço da natureza e também para o aumento da produtividade de modo sustentável. O desenvolvimento de metodologias e o entendimento da estrutura e a função dos microrganismos nos ecossistemas também estão entre os objetivos deste grupo.

Linhas de Pesquisa:

Biorremediação, biodiversidade e bioindicadores de qualidade ambiental

Objetivos: Isolar microrganismos com capacidade de degradação de componentes recalcitrantes; Constituir consórcio de microrganismos para utilização em processos de biorremediação; Monitorar o processo de biorremediação por meio de indicadores microbiológicos e bioquímicos; Determinar o conteúdo de G+C da comunidade microbiana em ambientes contaminados; Adaptar e validar o procedimento para o monitoramento do progresso da descontaminação ambiental.