As pesquisas desenvolvidos pelo grupo envolvem o estudo de fungos produtores de enzimas e de fungos fitopatogênicos por meio da genética clássica e molecular. Os fungos produtores de enzimas pertencem ao gênero Penicillium, onde é dada especial ênfase ao melhoramento da produção de pectinases e xilanases. As linhagens melhoradas serão utilizadas na indústria têxtil (desengomagem de fibras naturais), de celulose (branqueamento de polpa) e de alimentos (clarificação de sucos e vinhos). Os fungos fitopatogênicos Crinipellis perniciosa, Fusarium oxysporum f. sp. phaseoli, Fusarium solani e Colletotrichum lindemuthianum estão sendo investigados visando a identificação dos genes envolvidos na interação hospedeiro-patógeno para no futuro desenvolver estratégias de controle desses patógenos.

Linhas de Pesquisa:

Genética de Fungos Fitopatogênicos

Objetivos: Isolar mutantes para patogenicidade de Crinipellis perniciosa, Colletotrichum lindemuthianum, Fusarium spp por meio de mutagênese tradicional e mutagênese insercional utilizando o processo REMI (integração mediada por enzimas de restrição) e transposons; Estudar a regulação dos genes por inativação; isolar elementos transponíveis e elucidar os mecanismos de transposição e o papel destes elementos como geradores de variabilidade genética.

Genética Molecular de Fungos Produtores de Enzimas de Interesse Industrial

Objetivos: Isolar e selecionar microrganismos (crescimento microbiano e regulação da síntese de enzimas); melhorar genéticamente as linhagens por mutagênese, recombinação (transformação, fusão de protoplastos e ciclo parassexual);
Isolar e caracterizar genes;
Elucidar a estrutura e organização gênica e regulação da expressão gênica.