Os estudos dos mecanismos bioquímicos e genéticos da interação entre plantas e microrganismos mutualistas visando à manipulação das associações nos sistemas de produção florestal, tem abordado os eventos de comunicação química envolvidos no estabelecimento e na função das simbioses. Os processos relacionados aos ciclos de vida dos simbiontes e à formação das estruturas características da vida associativa tem sido também investigados. Atualmente as interações simbióticas estão sendo abordadas sob o ponto de vista da genética quantitativa, com ênfase nos basidiomicetos ectomicorrízicos. A equipe almeja, com o conhecimento das interações entre plantas e endossimbiontes manipular a simbiose visando à maior produtividade das culturas florestais de forma sustentada.

Linhas de Pesquisa:

Interação Eucalyptus-fungo ectomicorrízico

Objetivos: Investigar os determinantes químicos que regulam os eventos iniciais da formação da ectomicorriza;
Investigar o processo de formação e germinação de esporos de fungos ectomicorrízicos;
Estudar a interação entre a planta hospedeira e estirpes monocarióticas e dicarióticas de Pisolithus.